- Notícias

Conheça os setores que puxam a criação de empregos no Brasil

De acordo com os dados do Caged, publicados nesta quarta-feira, 9, pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a agropecuária é o setor que tem puxado a empregabilidade no País. Nos sete primeiros meses do ano, foram criados quase 118 mil novos empregos. Os setores de serviços, com saldo positivo de pouco mais de 51 mil postos de trabalho, e de transformação, com quase 38 mil, também tiveram destaque positivo. Completam a lista dos setores que estão no campo positivo o da administração pública, com criação de mais de 16 mil empregos.

Do outro lado, o comércio, principalmente, puxa para baixo o saldo do Caged. Neste ano, foram encerrados quase 114 mil postos de trabalho. Apenas no mês de julho, o segmento varejista fechou quase 8 mil vagas e o atacadista mais de 2 mil. Acompanham no campo negativo os setores de construção civil, de extração mineral e serviços industriais de utilidade pública (S.I.U.P.).

Estados

Dois vizinhos, que vivem situação econômica opostas, também antagonizam os dados de geração e destruição de postos de trabalho. São Paulo aparece na liderança entre os estados que mais criaram empregos. Já o Rio de Janeiro está na lanterna. A grande população desses estados ajudam a explicar porque um está no topo e outro na rabeira – já que o cálculo é sobre números totais de emprego e não sobre variações percentuais. Porém, a situação discrepante no campo econômico é uma baliza melhor.

Enquanto o Rio de Janeiro vive momentos de conflito entre o governo do estado e seus funcionários, inclusive com atrasos de salário, São Paulo vive época de calmaria. A ponto da maior preocupação do governador, Geraldo Alckmin, ser o desembarque de seu partido, o PSDB, do governo e a ascensão nacional do prefeito paulistano, João Doria Jr. Os momentos distintos são refletidos no desempenho das empresas e, por consequência, na geração ou destruição de empregos.

No caso paulista, os setores de comércio, serviços, agropecuária e indústria, as principais atividades do estado, registraram saldos positivos em julho. Já no carioca, nenhuma se destaca positivamente. E os setores de construção civil e serviços afundaram, com fechamento de mais de 4 mil postos de trabalho cada um.

FONTE: http://www.istoedinheiro.com.br/conheca-os-setores-que-puxam-criacao-de-empregos-no-brasil/

Foto : Jose Angelo Santill/AE

About Assessoria de Comunicação

Read All Posts By Assessoria de Comunicação